publicidade

As mini suculentas estão bastante em alta, principalmente para quem não tem muito espaço em casa, por exemplo no caso dos jardins verticais em apartamentos. Essas plantas também são muito buscadas como lembrancinhas de festa e de casamentos, justamente por serem bonitas, delicadas e fáceis de cuidar.

Independentemente do motivo, a verdade é que existem várias espécies dentro do que chamamos de “suculentas”. Por isso, é importante conhecê-las de antemão, evitando comprar uma planta achando que ela ficará pequenina e depois de ter de encontrar espaço no jardim ou no vaso.

publicidade

Está em busca de espécies de mini suculentas? Veja as mais conhecidas e procuradas!

1 – Echeveria Baby

A Echeveria é uma das espécies de suculenta mais conhecidas. No total, ela conta com mais de 170 subtipos e elas recebem esse nome em homenagem ao botânico Atanasio Echeverría y Godoy, mexicano que compilou a fauna e a flora do seu país.

Essa suculenta é muito popular graças ao seu formato de rosetas compactas e simétricas, com uma proeminente inflorescência que se eleva acima das folhas com diversas tonalidades.

Em geral, as Echeverias são fáceis de cuidar e precisam receber sol direto até as 11 horas, poucas regas e contar com um substrato de crescimento.

A Echeveria Baby possui uma coloração que varia entre o verde claro e o marsala (dependendo da quantidade de sol que recebe).

A plantinha chega até 10 cm de altura, possui um formato muito bonito de flor e costuma ter floração na primavera e no verão.

2 – Aortia

A Aortia (Haworthia cooperi) é uma suculenta originária do Cabo Oriental na África do Sul. Ela é uma plantinha bem fácil de cuidar e muito conhecida das pessoas que adoram manter um jardim de suculentas.

Suas folhas são bem características, formando rosetas densas de cor verde clara e com estrias transparentes nas pontas – responsáveis por formarem uma espécie de “janela” que favorece a entrada de luz no interior, aumentando a capacidade de fotossíntese.

Essa é uma suculenta pequenina, que não mede mais de 15 cm de altura, que se desenvolve muito bem a meia sombra ou a sol pleno com solo arenoso.

3 – Huernia Keniensis

Pinterest

A Huernia Keniensis é uma mini suculenta originária da África (mais especificamente do Quênia, por isso recebe esse nome). Sua flor é muito bonita, na cor vinho escuro e em forma de sino que se abre em quase todas as estações.

Essa é uma plantinha bem pequenina e não costuma ultrapassar os 15 cm de altura. Porém, ela consegue se ramificar bastante, criando uma espécie de touceira.

A Huernia se desenvolve muito bem tanto em meia sombra como em sol pleno e precisa de solo arenoso e bem drenado.

4 – Gasteria Verrucosa

A Gasteria Verrucosa é uma suculenta do gênero “Gasteria”, com crescimento lento e que não consegue superar os 20 cm de altura. As suas folhas têm uma forma triangular de cor verde escura com manchas claras.

Essas suculentas produzem flores tubulares de cor rosa alaranjada e as florações acontecem do fim do inverno até o início do verão.

Ela se desenvolve bem a meia-sombra ou sombra, já que o sol direto faz com que a mini suculenta perca sua cor verde. Outra recomendação é usar um solo com boa drenagem, com substrato de areia grossa.

5 – Planta Pérola

O nome científico da Planta Pérola é Haworthia margaritifera. Ela recebeu esse nome popular devido às bolinhas brancas e salientes que se espalham por suas folhas.

Ela é uma das mini suculentas mais bonitas e procuradas, ao lado da Echeveria Baby. Originária da África do Sul, a Planta Pérola não ultrapassa os 15 cm e floresce durante todo o ano.

Para se desenvolver, necessita de meia-sombra e deve-se evitar o sol direto das 11h às 17 horas. No verão, pode ser regada apenas 1 vez por semana e no inverno as regas precisam ser ainda mais espaçadas.

6 – Mini Kalanchoe

A Kalanchoe é uma das mais conhecidas mini suculentas e também pode ser popularmente chamada de “gordinha” ou “flor da fortuna”. Sua floração é muito bonita, em formato de buquês, sendo bastante procurada para jardins ou vasos.

Ela é uma das suculentas de mais fácil cultivo, porque é bem resistente às variações climáticas. A recomendação é que o ambiente tenha bastante luminosidade, seja quente e úmido.

No verão, pode ser regada duas vezes por semana e no inverno, apenas uma. Sua floração pode ocorrer durante todo o ano, porém com mais intensidade no inverno e início da primavera.

Gostou de conhecer mais sobre as mini suculentas? Aproveite e compartilhe nossas dicas com seus amigos nas redes sociais!

Continue por aqui!
Confira tudo sobre plantas suculentas.

Comentários

Comente!!!